Estrutura

Perfeita sintonia

Ao abrir um frasco de perfume é possível sentir uma inebriante mistura de cheiros. Esse é o resultado da liberação de notas aromáticas, que ocorre de maneira lenta e gradual. Entenda como é esse processo.

O olfato é realmente poderoso! Ele é considerado o nosso sentido mais primário – e talvez o mais apurado. Naturalmente, ao lidar com tão precioso sentido, a criação de um perfume só poderia ser considerada uma arte e é na música que reside a principal analogia com a linguagem da perfumaria moderna: cada cheiro é chamado de nota e seu blend (mistura), de acorde ou harmonia da fragrância.
Essas sinfonias aromáticas têm seu próprio ritmo olfativo, graças às suas notas: de saída, de corpo e de fundo. Elas precisam estar em perfeita harmonia, num equilíbrio sutil e delicado, identificado na pirâmide olfativa. Essa tal pirâmide é dividida em três partes:

Decifrando o perfume

  • Notas de saída
    • A introdução. Aimpressão inicial, elaborada para despertar o interesse.
    • São notas mais leves, que escapam do frasco.
    • São sentidas logo após sua aspersão, vão direto para o nariz.
    • Ingredientes ligeiros e voláteis, que evaporam rapidamente.
    • São notas frescas, como os cítricos, lavanda e ingredientes aromáticos entre outros.
  • Notas de corpo
    • São o centro, a alma e a personalidade do perfume.
    • Expressam o tema principal da fragrância.
    • São sentidas assim que o perfume desaparece sobre a pele.
    • Menos voláteis, evaporam devagar.
    • São mais encorpadas, como as de flores, folhas e especiarias.
  • Notas de fundo
    • Garantem o poder de fixação de uma fragrância.
    • Definem o cheiro que se difunde na pele.
    • É o ultimo acorde a ser percebido e o que permanece por muito tempo.
    • Pouco voláteis, os ingredientes evaporam lentamente.
    • São densas, como as de resinas, madeiras e de origem animal.

Poder concentrado

A intensidade o perfume depende, basicamente, da concentração das matérias-primas utilizadas em sua concepção. Do ponto de vista técnico, consiste na mistura de vários ingredientes dissolvidos em álcool. Ao pé da letra, a palavra perfume aplica-se somente ao extrato – o tipo de mistura que contém a mais alta proporção de fragrância concentrada e com o menor teor de álcool possível (as outras misturas quase sempre levam um pouco de água na fórmula). A concentração da fragrância, assim, é fator determinante na nomenclatura.

Denominação Fragância Como usar
Parfum (Perfume, Extrato) Acima de 30% Aplicar poucas gotas. Duração: longa, podendo permanecer por mais de 24 horas. É mais indicado para uso no inverno e à noite.
Eau de Parfum/Parfum de Toilette 15% a 25% Aplicar 2 ou 3 sprays. Duração: de 8 a 10 horas. É indicado para dias mais frios ou à noite.
Eau de Toilette (Água de Toalete) 8% a 10% Leves, podem ser aplicadas sem economia. Duração: 6 a 8 horas. Indicadas para qualquer momento e em qualquer ocasião.
Deo Colônia (Desodorante Colônia) Até 10% Indicadas para qualquer momento e em qualquer ocasião.
Splash, Água, Body Mist 3% a 5% Suaves e frescas, permitem aplicação várias vezes ao dia. Duração: de 2 a 4 horas. Indicadas para o verão, são bem apreciadas pelos brasileiros.
Eau de Cologne (Água de Colônia) Até 3% É a menos concentrada de todas, por isso, é indicada também para bebês.

Longa duração

É comum ouvirmos falar em fragrâncias com forte – ou fraco - poder de fixação, ou seja, que persistem por várias horas. Mas esse efeito não é mérito de um agente fixador, como se acredita. Na verdade, esse poder se deve às notas de fundo, também chamadas de notas de base. Elas são constituídas por ingredientes mais densos e persistentes, capazes de atuar na composição de modo a proporcionar uma difusão mais lenta.

Topo