Perfume

Voltar

Himalaya

Creed, masculino, 2002

Esse perfume evoca o poder e a majestade do homem em comunhão com a natureza. O frasco metálico e único, impecável, simboliza a confiança inabalável. A garrafa foi desenvolvida por Erwin Creed, da sétima geração e filho e sucessor de Olivier na empresa. Alguns dizem que a criação dele lembra o gelo das montanhas. Outros, o cantil de um alpinista.

Notas

  • Notas de saída
    • Bergamota
    • Limão
    • Grapefruit
  • Notas de corpo
    • Cedro
    • Noz moscada
    • Pimenta
    • Sândalo
    • Vetiver
  • Notas de fundo
    • âmbar
    • Fava-tonca
    • Musk

Oriental amadeirado

Esta combinação traz ingredientes encorpados, como baunilha, e resinas, como incenso, mirra e benjoim. Sua intensidade é realçada com a presença de notas amadeiradas e opulentas, como patchuli, sândalo e vetiver.

Comentários

Topo